Página dos Licenciados em CMA do ICBAS



webmaster:
ruiclaro@icbas.up.pt

Legislação

Portaria 949/90 de 6 de Outubro, DR I série, nº 231, 6/10/90:

Diploma legal que aprova o estatuto da responsabilidade dos profissionais pelo controlo de qualidade dos géneros alimentícios transformados, e que inclui a licenciatura em CMA como uma das possíveis.

Ordem dos Biólogos

Na 1ª reunião de licenciados realizada no dia 10 de Março de 2001, foi considerada como conveniente e oportuna uma mais efectiva representação dos licenciados em CMA. Foi sugerida a adesão dos lic. CMA à Ordem dos Biólogos, que já aceitou como membros alguns licenciados em CMA. (www.ordembiologos.pt)

Injustiças históricas e velhas guerras do nosso curso:

  • Equivalência para dar aulas no Ensino Secundário (CMA não constitui habilitação própria): continua a ser injusta a situação actual, que não foi ainda possível alterar.
  • Passar certificados sanitários de pescado: só é possível para os Médicos Veterinários, mas na área do pescado os licenciados em CMA estão muito mais bem preparados...
  • Assinatura de projectos de Engenharia Aquática: só possível por Engenheiros aprovados e inscritos na Ordem dos Engenheiros (esta é realmente difícil de contornar!)
  • Fugas de CMA para Medicina e Veterinária: continua a luta para que o curso passe a ser frequentado principalmente pelas pessoas que estão nele interessadas, e não por Médicos e Veterinários que, se conseguem mudar de CMA para outros cursos, deixam CMA com poucos alunos; se não conseguem, ocupam o lugar dos verdadeiramente interessados, acabando (os que ficam até ao fim) por se licenciar numa área que não lhes interessa...

E-mail para sugestões e dúvidas sobre esta página: (vazpires@icbas.up.pt)